Home

É impossível não lembrar de Marisa Monte quando gringos querem nos dizer como devemos nos comportar. A música é “Volte Para o Seu Lar”, pois aqui nessa casa ninguém quer a sua boa educação. Nos dias que tem comida, comemos comida com a mão.

Nossa tribo grita, vaia, xinga, chama o juiz de filho da puta, o adversário argentino de “maricón”. É homofóbica, xenófoba, nacionalista, racista, atrasada, grosseira e tudo o mais. Mas não são vocês que vão nos dizer como devemos ser.

Vocês já fizeram isso por muito tempo, e veja no que deu.

Catequizaram nossos ancestrais com todas as vicissitudes e iniquidades de vocês.
Agora somos como vocês, talvez só um pouco atrasados.

Ainda assim não queremos evoluir para virar caboclos ingleses. Até porque veja o que eles fizeram no Brexit.

Também não queremos ser franceses, que estão mais próximos de eleger Marine Le Pen presidenta do que nós estamos de eleger Bolsonaro.

Estamos felizes com nossa falta de educação, comparado aos bons modos de vocês. Falamos sua língua, mas não queremos o seu sermão.

No mais, aproveitem as Olimpíadas, aproveitem o Rio de Janeiro. Gastamos bilhões para recebê-los com uma festa magnífica.

Um dinheiro que não temos, vocês podem ver facilmente logo que chegam na cidade pelo aeroporto – nas partes que o muro construído para esconder a favela tem buracos, de bala. Do outro lado do muro estão principalmente os descendentes dos povos que alguns dos seus países escravizaram legalmente por séculos.

Vocês não devem ter encontrado muitos deles nas arenas olímpicas, pois não recebemos qualquer indenização pelos danos causados, e o ingresso em reais é muito caro. A maioria de nós só temos dinheiro para comprar comida, não morrer de fome e continuar trabalhando e pagando juros. Curiosamente, pagamos juros a vocês, gringos. Depois de tudo, somos nós que ainda devemos.

Passamos também por um momento político delicado, em que os interesses de muitos de vocês, gringos, ajudaram a dar um golpe legal em nossa frágil democracia. É claro que a culpa não é só de vocês, mas também de alguns de nós: traidores, vendidos, exploradores da ignorância do próprio povo.

Mas por tudo isso também não se incomode com nossas bobagens, gringo. Pense que seria muito pior se vocês fossem brasileiros. Aproveitem a festa, aproveitem o Rio, pois vaia eu acho é pouco.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s