Home

dsadsa (2)

Não há consenso sobre quantos crimes hediondos são cometidos por menores no Brasil.

A dificuldade se explica, em parte, porque de cada 100 homicídios, apenas 8 são solucionados.

Sabe-se, porém, que são uma minoria, já que entre os menores internados na Fundação Casa, menos de 3% cometeram crimes desse tipo, como informa o Ministério Público.

Uma coisa então parece certa: o país não ficará mais seguro com a redução da maioridade.

No máximo, uma porcentagem mínima a curto prazo, se os menores deixarem de cometer crimes hediondos em função da lei, ainda que isso não impeça os adultos.

A redução aprovada pelos deputados e pela maioria da população, não se trata assim de uma medida de segurança pública, mas de catarse coletiva.

A sociedade no momento quer se vingar de adolescentes que assaltam, estupram e matam, mas deve ter bem claro que é apenas isso: vingança, e não um projeto de sociedade.

Como toda vingança, trata-se de alegria maligna ao ver o sofrimento de quem julgamos merecer, e esgota-se em si mesma. Não leva a nenhum progresso, a sociedade em nada melhora a partir disso.

Pelo contrário, a médio e longo prazo o índice de criminalidade no Brasil pode subir com a redução.

Estaremos mandando para as penitenciárias reús primários ou com poucos antecedentes. Adolescentes que mal começaram a vida, e que, mesmo que condenados por assassinato, a grande maioria deixará a prisão por volta dos 30 anos.

Muitos que abandonaram as escolas, ou poucas séries avançaram. E que depois de mais de uma década em penitenciárias que servem mais para punir do que reintegrar, devem sair a procura de emprego.

Sem muitas perspectivas fora do crime organizado, que puderam estudar a fundo desde cedo com os melhores professores.

E são assassinos e estupradores, que não merecem mesmo perspectivas, parecem acreditar os que defendem a redução ou a pena de morte.

Isso, é claro, se os condenados não forem filhos da classe média ou alta que durante uma bebedeira na adolescência pegaram o carro escondido e mataram, ou abusaram sexualmente de uma colega.

Ai talvez possamos ouvir dos mesmos que condenam o menor viciado em crack, filho de moradores de rua ou traficantes presos, de que se trata apenas de um jovem inconsequente, que não merece perder a juventude na prisão.

Essa lei, porém, não é para eles.

A sociedade no momento quer se vingar é dos menores pobres, na grande maioria, negros, que vivem em comunidades miseráveis e praticam crimes nas zonas nobres. Quer isso por julgar que eles merecem.

É isso que precisa ficar claro. Que não se trata de segurança.

Anúncios

One thought on “Reduzir a maioridade penal no Brasil deve aumentar a criminalidade a médio prazo‏

  1. E cada absurdo, veja ´´Muitos que abandonaram as escolas, ou poucas séries avançaram. E que depois de mais de uma década em penitenciárias que servem mais para punir do que reintegrar, devem sair a procura de emprego.´´ Desde quando cadeia foi feita para reintegrar, só se for na cabeça dos esquerda defende bandido. Cadeia foi feita para punir,quer reintegrar va estudar vai adquirir conhecimento. O ser humano é hipócrita e egoísta, defende bandido até o dia que ele for uma vítima dos bandidos, ai ele nunca defenderá. Ora ninguém quer colocar pessoa na cadeia, que comete o crime que que ir. Por causa de pessoas assim que o brasil chegou ao patamar de violência que está. Sugestão para quem defende esses menor. Adote um.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s